Home / Blog
Blog
Desemprego é maior entre nordestinos, mulheres e negros, divulga IBGE
19/11/2018

Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 
                       
 
A taxa de desocupação no Brasil caiu para 11,9% no terceiro trimestre de 2018, mas chega a 14,4% na Região Nordeste, a 13,8% para a população parda e a 14,6% para a preta - grupos raciais definidos na pesquisa conforme a declaração dos entrevistados. Quando analisado o gênero, as mulheres, com 13,6%, têm uma taxa de desemprego maior que a dos homens, de 10,5%.
 
Os dados foram divulgados hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa consta na Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnad Contínua Tri). É considerada desocupada a pessoa com mais de 14 anos que procurou emprego e não encontrou.
 
Quatro estados do Nordeste estão entre os cinco com maior desemprego: Sergipe (17,5%), Alagoas (17,1%), Pernambuco (16,7%) e Bahia (16,2%). Apesar disso, a maior desocupação verificada no terceiro trimestre de 2018 foi no Amapá, onde o percentual chegou a 18,3%.
 
A Região Sul tem a menor taxa de desocupação do país, com 7,9%, e Santa Catarina é o estado com o menor percentual, de 6,2%. No trimestre anterior, a Região Sul tinha taxa de desocupação de 8,2% e o Nordeste, 14,8%.
 
Do contingente de 12,5 milhões de pessoas que procuraram emprego e não encontraram, 52,2% eram pardos, 34,7% eram brancos e 12% eram pretos. Tais percentuais diferem da participação de cada um desses grupos na força de trabalho total: pardos (47,9%), brancos (42,5%) e pretos (8,4%).
 
O IBGE informou ainda que, no terceiro trimestre de 2018, o número de desalentados somou 4,78 milhões de pessoas. O contingente ainda está próximo dos 4,83 milhões contabilizados no segundo trimestre, o maior percentual da série histórica. O IBGE considera desalentado quem está desempregado e desistiu de procurar emprego.
 
O percentual de pessoas desalentadas chegou a 4,3% e tem sua maior taxa no Maranhão e em Alagoas onde chega a 16,6% e 16%. O Maranhão também tem o menor percentual de trabalhadores com carteira assinada (51,1%).
 
No terceiro trimestre deste ano, 74,1% dos empregados do setor privado tinham carteira assinada, percentual que ficou estável em relação ao trimestre anterior.
 
Além de ter a menor taxa de desemprego do país, de 6,2%, Santa Catarina também tem o menor percentual de desalentados, de 0,8%, e o maior percentual de trabalhadores com carteira assinada, de 88,4%.
 
A taxa de subutilização da força de trabalho no Brasil foi de 24,2%, o que representa 27,3 milhões. Esse número soma quem procurou emprego e não encontrou, quem não procurou, quem procurou e não estava mais disponível para trabalhar e quem trabalha menos de 40 horas por semana e que gostaria de trabalhar mais.
 
A população ocupada somou 92,6 milhões de pessoas. Esse total tem 67,5% de empregados, 4,8% de empregadores, 25,4% de pessoas que trabalharam por conta própria e 2,4% de trabalhadores familiares auxiliares.
 
 


Fonte:
Agência Brasil
Categoria: Assessoria empresarial


  
Vídeos
LOTE IRPF MALHA FINA & ACIDENTE NO TRAJETO AO TRABALHO | Visual News
LOTE IRPF MALHA FINA & ACIDENTE NO TRAJETO AO TRABALHO | Visual News
O Visual News dessa quarta-feira, 15 de maio, aborda a abertura a consulta do lote de residual da malha fina do IRPF e também sobre a medida provisória que ...
ENTREGA DA DASN-SIMEI E MOTORISTAS DE APP | Visual News
Entrega da ECD e ECF 2019 | Visual News
INTERRUPÇÃO E SUSPENSÃO DE CONTRATO DE TRABALHO | Visual News
ATRASO NA ENTREGA DO IMPOSTO DE RENDA | Visual News
INSS & SEGURO-DESEMPREGO | Visual News
Ver todos os vídeos
Categorias
Postagens mais recentes
• INSS irá computar período trabalhado antes dos 16 anos, desde que haja comprovação
• Governo quer que acidente a caminho do trabalho não seja assumido por empresa
• 7 filmes para profissionais da contabilidade.
• MEI tem até o dia 31 para entregar DASN-SIMEI
• Fisco paulista realiza operação intensiva de combate à inadimplência de ICMS
• Receita Federal já recebeu quase 24 milhões de declarações do IRPF 2019


Uma empresa do Grupo  
Matriz

(19) 3471-0670 / 3475-7210
Dona Amábile Boer, 17
Jd. Bela Vista
CEP: 13.471-612
Americana/SP
Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Aumai Oxycom