Home / Blog
Blog
Mau comportamento é a principal causa de demissão no Brasil
01/10/2018

 
                       
 
Recentemente li que atualmente o principal caso motivador de demissões em uma organização deve-se ao mau comportamento de funcionários no ambiente de trabalho. E esse “mau” do comportamento pode surgir de maneiras distintas, seja por uso indevido de ferramentas da empresa, que vai de sistemas de uso interno aos de comunicação como Skype e outros aplicativos; descumprimento de regras, por fofoca, falta de empatia pelos demais colaboradores, arrogância... são inúmeros motivos que podem caracterizá-lo.
 
Sou de uma educação onde, independente do que aconteça, deve-se fazer uso do respeito para com qualquer um e situação que seja. Me questionei por algum tempo se estas pessoas não poderiam ter a mesma postura que eu, afinal, mediante ao ambiente como o de trabalho, se requer tal porte. Cheguei à conclusão de que essa seria uma discussão muito ampla, até porque envolveria educação, meio social, ideologias e experiências de vida.
 
Pensando um pouco mais concluí que isto está ligado diretamente ao profissionalismo e ética de cada um, e não por falta de formação ou estudo, até porque isto nos dias de hoje é requisito básico na maioria das empresas. Estamos falando sobre se portar numa organização, sobre ter respeito pela hierarquia e essas coisas. O relacionamento entre empresa e empregado, quando começado de forma errada, leva o funcionário a atitudes que fogem à ideologia de relacionamento e trabalho em qualquer lugar.
 
Claro que culpar essa relação seria desleal. Bom ressaltar que deixar se levar por conversas e/ou apontamos de outros “profissionais” sobre uma ótica própria da empresa, divisão de trabalhos e assuntos do tipo, influencia bastante, ainda mais se a pessoa se permitir a isso (que no bom e velho português, é simples definir, ser uma “Maria vai com as outras”), aí a confusão está feita.
 
Fato é que falta. Falta tudo. Ética, profissionalismo, convicções próprias... falta também a noção do que se procura, falta postura.
 
Gente assim vai passar a vida inteira pulando de galho em galho sem se firmar em suas relações. Me faz lembrar, inclusive, de uma expressão usada por um amigo, em uma conversa que tivemos na faculdade, “pessoas líquidas”, ou seja, que não se firmam, não criam laços, que nenhuma relação é criada para durar.
 
Triste realidade. Muita gente vive buscando que as situações se adequem a elas, mas nem tudo funciona assim, ou quase nada pra ser mais sincero. A vida foi nos dada para que possamos criar experiências, aprender sobre pessoas e coisas, sentimentos, enfim, criar conhecimento de causas e de tudo se possível. Frente a essa conjunção, fica claro de que é preciso se adaptar mediante a situações da vida. Se houver resiliência demais frente às mudanças, não há acordo. Ou cedemos por menor que seja essa concessão ou nada irá pra frente. É preciso saber renunciar o ego para fazer dar certo.
 
É importante deixar claro, que não estou falando que em todas as situações que virem a acontecer deve-se baixar a cabeça e dizer amém. Seria incoerente da minha parte dizer algo do tipo, mas em casos onde as ideias não estiverem se encaixando mais, você não estiver se sentindo mais parte do todo, com a maturidade que um ambiente de trabalho requer, uma boa conversa entre as partes deve resolver.
 
 
 
Categoria: Assessoria empresarial
Autor: Marcos Barbosa, Jornalista na Visual Assessoria.
Fonte: Visual Assessoria

  
Vídeos
DESCONTRAÇÃO NO AMBIENTE CORPORATIVO | Visual News
DESCONTRAÇÃO NO AMBIENTE CORPORATIVO | Visual News
O Visual News de hoje aborda soluções para que o ambiente de trabalho seja um lugar mais agradável e dinâmico, confira! Acesse o nosso site para rever o ...
AUMENTO SALARIAL & FATOR PREVIDENCIÁRIO | Visual News
BLINDAGEM PATRIMONIAL | Visual News
OPÇÃO PELO SIMPLES NACIONAL 2019 | Visual News
CAMPANHA NOVEMBRO AZUL | Visual Assessoria
O CÂNCER DE MAMA NO BRASIL | Visual News Especial Outubro Rosa
Ver todos os vídeos
Categorias
Postagens mais recentes
• Desemprego é maior entre nordestinos, mulheres e negros, divulga IBGE
• Se inflação ficar acima do previsto, salário mínimo pode ser maior que R$ 1.006 em 2019
• MT realiza mais de 150 mil fiscalizações entre janeiro e agosto
• Ministério do Trabalho lança o Seguro-Desemprego pela internet
• Receita Federal identifica indícios de sonegação em declarações de mais de 8 mil empresas
• Agendamento para opção ao Simples Nacional já está disponível


Uma empresa do Grupo  
Matriz

(19) 3471-0670 / 3475-7210
Dona Amábile Boer, 17
Jd. Bela Vista
CEP: 13.471-612
Americana/SP
Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Aumai Oxycom